3 de abr de 2014

Rocky (paulera)

Nossa família ganhou um novo membro em janeiro deste ano. Rocky tinha sido encontrado completamente doente e sem pêlos em um lugar rochoso (daí o nome dele), e foi levado para o abrigo de animais, onde foi bem cuidado por mais de 3 meses. Os veterianários disseram que o fato de ele ter sobrevivido foi um verdadeiro milagre.
Agora, com quase um ano de vida (estimativa dada pelo pessoal do abrigo), Rocky é um gato saudável, carinhoso e cheio de personalidade. Além de comer e brincar, ele adora um colo, especialmente quando estamos perto da lareira. Ele ainda não se sente seguro o suficiente para encarar grandes aventuras, mas com a chegada da primavera, agora ele passeia no jardim de casa, e noutro dia até pegou um passarinho – o que certamente foi triste para a gente (e, claro, para o passáro e família), mas interessante vê-lo com o peito estufado, orgulhoso de si.
Nesta semana, notamos um corte na pata trazeira dele, e o susto nos levou de volta ao veterinário. Para alguém como eu, que nunca tinha sido responsável por ninguém, foi uma experiência e tanta esperar pelo veredicto. Duas horas e 52 libras depois, o Rocky estava bem (apesar de totalmente dopado por antibióticos). Ufa!
Cuidar de um ser vivo tem se mostrado um verdadeiro aprendizado, especialmente no quesito companheirismo, e estou certa de que este relacionamento ainda trará muitas histórias...